Lewis Hamilton usa capacete com cores da bandeira LGBTQIA+ em treino no Catar

    Veja também

    Piloto da Mercedes falou abertamente sobre a “obrigação” dos atletas de chamarem atenção para atentados aos direitos humanos pelo mundo

    Lewis Hamilton usou um capacete nas cores da bandeira LGBTQIA+ durante os treinos para o Grande Prêmio do Catar de Fórmula 1. A escolha teria sido em referência à perseguição que a comunidade sofre no país.

    Lewis Hamilton: capacete com as LGBTQIA+ no Catar (Reprodução)

    Em entrevista realizada nesta sexta (19), o piloto da Mercedes defendeu que entidades internacionais passassem a acompanhar a os ataques à comunidade no país. Ele ainda chamou a atenção de atletas para o que julga ser uma obrigação de acompanhar cerceamentos de direitos pelo mundo.

    Recentemente, o jogador australiano Josh Cavallo, que assumiu sua sexualidade recentemente, comentou que sentia medo de jogar no país, que deverá sedias a Copa do Mundo de 2022. A organização da competição já declarou que turistas e atletas LGBTQIA+ não serão perseguidos no país durante o evento.