Eduardo Leite fala sobre descoberta tardia da sexualidade

    Veja também

    “A primeira vez que fiquei com um cara foi com 25 anos”, disse o governador do Rio grande do Sul

    Eduardo Leite, o governador do Rio Grande do Sul, falou sobre sua sexualidade ao canal Mais Que Oito Minutos, do apresentador Rafinha Bastos, no YouTube. Na entrevista, o político de 36 anos disse que demorou a aceitar sua sexualidade e que já tinha 25 anos quando beijou um homem pela primeira vez.

    Eduardo Leite (Reprodução/Instagram)

    “Foi difícil me aceitar, por causa da criação que eu tive”, declarou o governador, “a primeira vez que eu fiquei com um cara foi com 25 anos de idade, eu estava me descobrindo”.

    Segundo Leite, a descoberta aconteceu mais tarde devido ao ambiente onde cresceu: “Fui criado em uma cultura na qual acreditei que isso era errado”.

    Confrontado sobre a inclusão da pauta LGBTQIA+ em sua atuação política, Leite disse não fazer da orientação uma bandeira política. “Não falo sobre isso. A minha vida pessoal não é um assunto.”

    Eduardo Leite (Reprodução/Instagram)

    O político ainda comentou a atuação do ex-deputado Jean Wyllys, seu opositor, na luta pelos direitos LGBTQIA+. “Discordo do ponto de vista político, mas na sua luta por direitos, ele está nesta estrada há muito tempo e enfrentou tempos ainda mais difíceis. Quando vê outro governador, talvez dê um sentimento de ‘pô, eu estou aqui há muito mais tempo e chega esse cara, com o caminho que a gente abriu.”