Dono de bar pede desculpas por homofobia após “beijaço”

    Veja também

    Grupo organizou- protesto no último domingo (5) em Catanduva após casal ser recusado por proprietário em estabelecimento

    Um bar em Catanduva foi palco de um “beijaço” de protesto contra a homofobia, no último domingo (5). O motivo, segundo os manifestantes, foi a discriminação de um casal pelo dono do estabelecimento na noite anterior. As informações são do site Diário da Região.

    Raissa Furlan, de 25 anos, e Beatriz Ribeiro, de 26, foram abordadas pelo proprietário no espaço, no bairro Jardim Primavera, após darem um selinho. Segundo Raissa, o homem teria afirmado que ali “não era lugar para isso” e mandado o garçom cancelar a conta das duas.

    Após compartilhar a situação em suas redes sociais, Raissa recebeu mensagens de outras pessoas que teriam passado por situações semelhantes. Pelo WhatsApp, o casal e alguns amigos organizaram um beijaço para o dia seguinte.

    Diante do protesto, o proprietário apareceu e, com um microfone, pediu desculpas a Raissa e Beatriz, afirmando que tomou a atitude após passar por uma situação constrangedora envolvendo outros clientes recentemente.

    No vídeo da reportagem abaixo é possível ver a ação e a resposta do empresário: