Câmara canadense aprova proibição de terapia de conversão sexual

    Veja também

    Medida foi apreciada de forma unânime por liberais e por conservadores na última semana; representantes dos dois lados se cumprimentaram após decisão

    A Câmara dos Comuns do Canadá passou, com unanimidade, uma proposta de lei que proíbe terapias de conversão sexual no país. O projeto foi votado na última quarta (1º) e apreciado em acordo pelos parlamentares, que simbolicamente cruzaram o corredor da casa em um cumprimento comum.

    Na votação, o líder do Partido Conservador do Canadá, Erin O’Toole, não fez nenhuma recomendação de voto a seus pares (Reprodução)

    As terapias de conversão, que propõem uma mudança na orientação sexual e/ou identidade de gênero dos indivíduos, têm sido amplamente criticadas nos últimos anos.

    Na votação, o líder do Partido Conservador do Canadá, Erin O’Toole, não fez nenhuma recomendação de voto a seus pares. Ainda assim, reporta a rede CBC, a votação unânime foi uma surpresa.

    “É um dia fantástico”, disse o ministro da Justiça e advogado geral David Lametti, “isso é o que conseguimos fazer quando o parlamento trabalha em conjunto”.

    Agora, a medida seguirá para o Senado canadense, onde deverá ser apreciada antes da aprovação do primeiro ministro Justin Trudeau.