Vereador quer banir atletas trans de competições em Sorocaba

    Veja também

    Proposta de Vinícius Aith (PRTB) vai de encontro a decisões recentes do Comitê Olímpico Internacional (COI)

    Um projeto quer proibir a participação de atletas transexuais em competições esportivas em Sorocaba, interior de São Paulo. Com autoria do vereador Vinícius Aith (PRTB), o texto prevê multa de R$ 50 mil e cassação do alvará para realização de eventos esportivos em caso de descumprimento.

    No projeto, Aith escreve: “Centenas de mulheres perderam o direito de competir em condições de igualdade, já que o corpo masculino é, por natureza, mais forte e resistente, mesmo que tenha passado por cirurgias e terapias hormonais para ganhar características femininas”.

    O vereador Vinícius Aith (PRTB) à direita, ao lado do empresário Luciano Hang (Reprodução/Instagram)

    O texto vai contra os avanços recentes do Comitê Olímpico Internacional (COI), que anunciou, ainda na semana passada, as novas diretrizes para federações internacionais quanto à elegibilidade de pessoas transexuais e intersexuais. Um dos critérios mais importantes é a não presunção de vantagem, determinando que nenhum atleta deverá ser eliminado com base em “vantagem injusta não verificada”.

    Recentemente, Vinícius Aith foi também autor do projeto que prevê proibição da exigência do passaporte sanitário contra a Covid-19 na cidade e de outro projeto que tornam Jair e Eduardo Bolsonaro como cidadãos sorocabanos.