Mostra online sobre João do Rio vai até o dia 26

    Veja também

    Cronista e jornalista gay foi um dos expoentes da imprensa de seu tempo e símbolo da experiência LGBTQIA+ no início do século 20

    O cronista, crítico de arte e jornalista gay João do Rio é o tema de uma exposição online que vai até o próximo dia 26 no Museu Bajubá. Chamada Cintilando e Causando Frisson – 140 anos de João do Rio, a mostra percorre a vida e obra do escritor carioca que retratou seu tempo com equivalentes acidez e sensibilidade.

    João do Rio (Reprodução)

    Trata-se de uma reunião de textos e fotos do “‘mulato gordo e afeminado’ (sic) que sambou na cara das (pessoas) despeitadas, colocou o jornalismo num patamar profissional, fez o repórter sair às ruas e trouxe à crônica tons de pura etnografia”.

    Do estilo literário, marcado pelo decadentismo, ao jornalismo, de crônica realista e, por isso mesmo, engajada, João foi um dos principais nomes da imprensa brasileira do início do século 20. Sucesso na Gazeta de Notícias, foi reconhecido pelo Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro em 1907, e eleito para a Academia Brasileira de Letras em 1910, com apenas 29 anos.

    Na mostra, vida pessoal e legado histórico se mesclam, evidenciando a tragédia pessoal, as campanhas por sua desqualificação e a perseguição que lhe rendeu o desprestígio e o ostracismo no fim da vida, tornando-o, em si, o principal protagonista de sua própria obra.

    Para acessar a mostra e saber mais sobre João do Rio, clique aqui.