Queen of the Universe: conheça todas as queens da competição

    Veja também

    Reality musical com produção de RuPaul estreia dia 2 de dezembro no Paramount+

    Grag Queen (Divulgação)

    Anunciado nesta quarta-feira (10) o elenco de Queen of the Universe já chama atenção – primeiro por nomes conhecidos, como Jujubee (de RuPaul’s Drag Race), depois por seus talentos globais, que incluem a drag queen brasileira Grag Queen.

    Queen of the Universe será apresentada por Graham Norton, jurado fixo em RuPaul’s Drag Race UK, e terá como júri as cantoras Vanessa Williams e Leona Lewis, a cantora-apresentadora Michelle Visage e drag queen, cantora e vencedora de RuPaul’s Drag Race: All Stars Trixie Mattel.

    Abaixo listamos o perfil oficial de todas as drag queens cantora que estarão no reality:

    ADA VOX (San Antonio, Tex.)
    Ex-top 10 em American Isol, Ada Vox é a prova viva de que tudo é maior no Texas – incluindo sua voz. Performer há sete anos (e contando!), Ada está pronta para mostrar suas habilidades vocais em uma plataforma global para conquistar a redenção que está buscando.

    ARIA B CASSADINE (Atlanta, Ga.)
    Aria B Cassadine, vencedora do Miss Gay Black America em 2018, está pronta para incluir o título de Quen of the Universe em sua vasta coleção de coroas. Depois de começar sua jornada drag em uma aposta, Aria vai a um palco global para conquistar mais uma vitória para seu já impressionante currículo drag.

    BETTY BITSCHLAP (Copenhagen, Denmark)
    Uma performer full-time, dentro e fora de sua drag, Betty Bitchslap vai fazer você tremer na base! Quando o assunto é estilo, Betty tem ousadia; em um piscar de olhos ela se transforma facilmente de uma fantasia rockstar punk em uma glamurosa queen com vestidos brilhantes e nenhum fio de cabelo fora do lugar.

    CHY’ENNE VALENTINO (Chicago, Ill.)
    Chy’enne Valentino canta desde os cinco anos e, sobre o palco, desde os 18, cmopetindo para ganhar o Miss Continental Plus em 2018. Ex-competidora do American Idol, ela comanda hoje sua confeitaria chamada Pound Your Cakes e está pronta para bater suas cordas vocais e provar que ela é digna da coroa.

    GINGZILLA (Sydney, Australia)
    Após frequentar a faculdade de artes dramáticas na Austrália e uma escola de palhaços em Paris, a drag queen de mais de dois metros de altura não precisa de muito para destacar-se em meio à multidão. Familiar a cmopetições, Gingzilla já se apresentou no America’s Got Talent e no The X Factor britânico – mas agora esta diva australiana está perto de conquistar o universo.

    GRAG QUEEN (Canela, Brazil)
    Essa beleza brasileira cresceu cantando na igreja desde a infância. Agora, ela anima as massas com seu séquito de 2 milhões de seguidores no TikTok, todos fãs de suas performances ousadas e personalidade exagerada.

    JUJUBEE (Boston, Mass.)
    Duas vezes participante de RuPaul’s Drag Race: All Stars e dona de uma personalidade que cativou milhões, Jujubee é uma ameaça múltipla: lip-sync assassin, comediante, cantora, maquiadora – ela faz tudo! Conhecida em todo o mundo por sua drag estilosa e glamurosa, ela está pronta para mostrar ao mundo que ela não é só um rostinho bonito – ela também tem uma voz impressionante além de tudo.

    LA VOIX (London, England)
    La Voix já experimentou a realeza antes, tendo se apresentado em frente à família real britânica. Ex-participante do Britain’s Got Talent que hoje lota shows, seu nome em francês signifca apenas “A Voz”.

    LEONA WINTER (Paris, France)
    Contratenor e barítono com voz em três oitavos, ela é conhecida como “tres jolie” por seus fãs ao redor do mundo. Seus talentos vocais apareceram no The Voice francês, onde ela foi semi-finalista. Posteriormente, foi vencedora de The Switch, a versão chilena de Drag Race.

    MATANTE ALEX (Montreal, Canada)
    Matante Alex começou a cantar no porão de seus pais aos 13 anos e logo descobriu sua paixão: iodelei (uma forma de canto utilizando sílabas fonéticas). Seu nome significa “minha tia” em francês, mas essa queen criativa com um coração country de ouro não é nada tradicional.

    NOVACZAR (New York, N.Y.)
    Essa queen de Nova York pode ser a mais nova da competição, mas não deixa nada em seu caminho. Autoproclamada Imperatriz da Galáxia, tem na voz, treinada em ópera, rock e teatro musical seu trunfo. Agora, ela está próxima de reinar nos limites mais distantes do universo.

    RANI KO-HE-NUR (Mumbai, India)
    Com a coroa de Mr. Gay India em 2014 entre duas conquistas, Rani Ko-he-nur tem mais de um milhão de seguidores no Instagram e já apareceu em revistas como a Vogue India, Cosmopoolitan e Elle, além da Forbes under 30. Agora, a transgênero/gender fluid está próxima de estourar num palco global e dividir seu talento com o mundo.

    REGINA VOCE (Mexico City, Mexico)
    Com 30 anos de palco e experiência no Cirque du Soleil, Regina hoje é preparadora vocal. A palavra Regina, em espanhol, significa Rainha, então Regina Voce é, literalmente, a Rainha da Voz. Será que suas estrelas vão se alinhar para torná-la Queen of the Universe?

    WOOWU (Guangzhou, China)
    Cantora autodidata, WooWu deixou sua tradição em Guangzhou para brilhar nas luzes de Xangai. Fã de Christina Aguilera, Cher e Patti Labelle, ela descreve sua drag como “rosa, feminina e perfeita”. Agora, Woowu chega à competição esperando não apenas brilhar sob a luz da crescente cena drag da China, mas também para quebrar barreiras.

    .