Anvisa aprova tratamento de um comprimido para HIV

    Veja também

    Avanço anunciado nesta segunda (29) reúne dois antirretrovirais em um só medicamento

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta segunda-feira (29) um avanço no tratamento contra o HIV. Trata-se de uma reunião de duas substâncias antirretrovirais em um só comprimido.

    Desde 1996, o Brasil distribui gratuitamente todos os antirretrovirais (Getty Images)

    Combinando as substâncias lamivudina e dolutegravir sódico, o novo medicamento poderá ser administrado para o o tratamento completo da infecção em adultos ou em adolescentes acima de 12 anos com pelo menos 40 kg.

    No comunicado, a agência escreve que “a aprovação representa um avanço no tratamento das pessoas portadoras do vírus que causa a Aids, já que reúne em uma dose diária dois antirretrovirais que não estavam disponíveis em um só comprimido. A possibilidade de doses únicas simplifica o tratamento e a adesão dos pacientes”.

    Desde 1996, o Brasil distribui gratuitamente todos os antirretrovirais. Em 2013, o Sistema Único de Saúde (SUS) passou a atender todos os pacientes infectados com a doença gratuitamente.