Náutico poderá ser penalizado por canto homofóbico da torcida

    Veja também

    Partida contra o Sampaio Corrêa pela série B do Campeonato Brasileiro chegou a ser interrompida pelo juiz, no último dia 15

    Uma partida de futebol entre o Náutico e o Sampaio Correia precisou ser interrompida nesta segunda-feira (15) após ataques de homofobia da torcida. Em decorrência, o Náutico poderá ser punido.

    Torcida do Náutico entoou cantos homofóbicos em partida contra o Sampaio Corrêa no último dia 15 (Reprodução/Instagram)

    Os dois times jogavam pela série B do Campeonato Brasileiro, quando, aos 26 minutos do primeiro tempo, o árbitro Ivan da Silva Guimarães Junior pausou a partida após gritos da torcida do Náutico. No momento, o goleiro Luiz Daniel, do Sampaio Corrêa, preparava-se para cobrar um tiro de meta no Estádio Eládio de Barros Carvalho, em Recife (PE).

    Ainda na última semana, o Flamengo foi condenado a pagar uma multa de R$ 50 mil por conta de um canto homofóbico em partida contra o Grêmio, no último mês de setembro. Também na última semana o Sport Clube Recife foi criticado ao penalizar com uma notificação por escrito um conselheiro que fez críticas homofóbicas ao ex-BBB Gil do Vigor.