Mulher lésbica tem joelho quebrado após tentar usar o banheiro no Ceará

    Veja também

    Milene Pereira de Sousa, de 24 anos, foi atacada por um homem ao tentar usar o banheiro feminino; autor da agressão nega LGBTfobia

    Uma mulher lésbica de 24 anos acusou, na última semana, uma agressão após tentar acessar o banheiro feminino em um bar no Ceará. Milene Pereira de Sousa teve vários ferimentos, incluindo uma fratura no joelho.

    Milene: “Eu estava na seresta com minha companheira e tentei ir ao banheiro. Quando cheguei para entrar, ele já estava perto da porta e me empurrou” (Reprodução/G1)

    “Eu estava na seresta com minha companheira e tentei ir ao banheiro. Quando cheguei para entrar, ele já estava perto da porta e me empurrou. Pegou minha camisa e disse que lá eu não entrava. Decidi sair do lugar, mas ele me perseguiu”, disse Milena ao G1.

    A agressão foi confirmada em um vídeo gravado por testemunhas. À polícia, o agressor, que não teve sua identidade confirmada, disse que confundiu a vítima com um homem, por isso a teria impedido de acessar o banheiro. No entanto, ele negou a acusação de LGBTfobia e o caso segue em investigação na Delegacia Regional de Tauá.

    “Ele quebrou meu joelho. Estou com corpo todo machucado. Fui ao médico, e eles disseram que se o osso não voltar ao local, terei que passar por uma cirurgia”, disse Milene.