Justiça define com quem fica herança de Rogéria

    Veja também

    Travesti e atriz brasileira morreu em 2017 sem deixar herdeiros diretos

    Uma decisão da 11ª Vara de Órfãos e Sucessões do Rio autorizou a venda de um imóvel avaliado em R$ 300 mil deixado pela querida travesti Rogéria (1943-2017).

    Rogéria (Reprodução)

    As informações são da coluna de Ancelmo Gois, que apura que o valor da venda será dividido dentre os quatro irmãos da artista Rogéria, Marilene e Vera Lúcia Accacio, Flavio e Cyr Barrozo.

    Rogéria morreu em 4 de setembro de 2017, no Rio, de choque séptico. Ela não deixou herdeiros diretos.