Filtro da Disney no TikTok filtra palavras como “gay” ou “lésbica” e é acusado de homofobia

    Veja também

    Termos relacionados ao universo LGBTQIA+ teriam sido banidos de recurso de dublagem na plataforma, tal qual ofensas e palavrões

    Um filtro da Disney no TikTok chamou atenção essa semana após denúncias de homofobia. A ação, criada em parceria com a rede social, era um recurso que permitia com que o texto escrito nos vídeos fosse lido com a voz de personagens amados da companhia, como Stitch, de Lilo & Stitch, ou Chewbacca, de Star Wars.

    O problema aconteceu quando vários usuários repararam a ausência da dublagem em palavras como “queer”, “gay” ou “lesbian” (“lésbica”, em inglês). Após tentativas, confirmou-se que nenhuma palavra relacionada ao universo LGBTQIA+ foi adicionada ao recurso.

    @kbwild_ The ending is my favorite part #disneyplusday #disneytexttospeech #rocket #rockettexttospeech #disneyvoice #lesbian #lesbianstereotypes #ledollarbean #gaytiktok #lesbiantiktok #lgbtcreators #queertiktok #alphabetmafia🌈 ♬ Disney wont say Gay – KaraBiner (Kbwild)

    Um dos usuários tentou usar o filtro com a voz de Rocky Racum de Guardiões da Galáxia para ler o texto “Vocês viram que a Disney não deixa a voz dizer ‘gay’. Mas você pode dizer ‘gayy’ e ‘gayy’ e ‘guay'”. Rocky aparece lendo lendo todas as palavras, exceto a grafia correta da primeira palavra “gay”. “No entanto, você pode dizer que a Disney está sendo homofóbica neste aplicativo”, o personagem continua.

    @xander_eli he’s so aggressive about it too lmao #texttospeech #gayrights ♬ original sound – Xander / Moss

    Outra usuária escreveu: “eu sou lésbica, eu sou gay, eu sou queer, vai se f*der Disney”, apenas para ver a voz de Rocky Racum ler “eu sou…, eu sou…, eu sou…, vai se… Disney”. A constatação de usuários foi de que palavras como “gay” ou “lésbica” foram consideradas inapropriadas para crianças, tal qual palavrões ou ofensas. A Disney não se pronunciou sobre o assunto.