Sean Bean se pronuncia contra polêmica em transfake

    Veja também

    Para ator, que ganhou um Emmy Internacional no papel de uma mulher trans em 2012, debate “parece errado”

    O ator Sean Bean (Game of Thrones, O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel) refletiu sobre seu papel como uma mulher trans no drama Accused, pelo qual recebeu um Emmy Internacional em 2012. O artista declarou ao jornal britânico The Guardian que, caso interpretasse a personagem Tracie atualmente, haveria polêmica.

    Ator Sean Bean em Accused (Reprodução)

    “Eu venho de uma geração que iniciou no teatro de repertório, interpretando um personagem diferente cada semana. O objetivo era conseguir o maior número possível de papéis”, disse Bean, “enquanto hoje a tendência é defender que personagens só possam ser interpretados por alguém como eles”.

    Bean é uma nova voz que se soma à polêmica sobre o chamado transfake, quando um artista cis é escolhido para interpretar um personagem trans em uma obra. A prática vem sendo criticada devido à marginalização e à exclusão de artistas trans na dramaturgia. Exemplos recentes incluem a declaração recente de Eddie Redmayne sobre o “erro” de ter interpretado uma mulher trans no filme Garota Dinamarquesa, pelo qual chegou a ser indicado ao Oscar.

    Para Bean, o risco do debate seria gerar uma situação onde os critérios do elenco seriam mais importantes do que a história sendo contada. “Eu penso com frequência que se contasse a história de Tracie hoje, haveria uma polêmica. Sinto que seria questionado e não chegaria nem a ser feito, mas é um dos papéis de que mais me orgulho. Parece errado que artistas não possam interpretar uma variedade de papéis”.