10 obras com temática LGBTQIA+ com desconto na Festa do Livro da USP

    Veja também

    23ª edição da feira vai até o dia 15 de novembro, com 50% de desconto em várias obras; aqui, uma seleção de títulos ligados a diversidade

    Livros com temática LGBTQIA+ estão com desconto na Festa do Livro da USP

    A Festa do Livro da USP chegou a sua 23ª edição. Desde a segunda-feira (8), mais de 230 editoras estão com preços e condições especiais em centenas de livros nos mais variados temas – incluindo muitas obras relacionadas a diversidade e à vivência LGBTQIA+.

    De ensaios a obras de ficção, passando por livros de psicanálise e mesmo textos de artistas pop, como Fernanda Young e Mulher Pepita, separamos 10 títulos com 50% de desconto no valor final.

    Este ano, o festival literário, que é organizado pela Edusp desde 1999, segue em formato 100% digital, ainda evitando aglomerações, e se estende até o dia 15 de novembro. E, apesar de nossa seleção contar com apenas 10 obras, a dica é acessar a página da festa e conferir os catálogos completos.

    Confira abaixo a seleção:

    História do Movimento LGBT no Brasil
    Organização: James N. Green, Marcio Caetano, Marisa Fernandes e Renan Quinalha (Alameda)

    História do Movimento LGBT no Brasil, org. James N. Green, Marcio Caetano, Marisa Fernandes e Renan Quinalha (Alameda)

    Assumindo a história de quatro décadas do movimento LGBT (posteriormente LGBTQIA+) como ator político e social no Brasil contemporâneo, o livro reconstrói alguns momentos e detalhes dessa trajetória, como sua própria composição e perspectivas. O resultado é uma análise plural e multidisciplinar dessa história e suas raízes, até como entendemos estes grupos hoje em dia.
    De R$ 98 por R$ 49

    Preto (Cobogó)
    Grace Passô, Marcio Abreu e Nadja Naira

    Preto (Cobogó)
    Grace Passô, Marcio Abreu e Nadja Naira

    Criação da companhia brasileira de teatro, PRETO trata do racismo, do preconceito, da violência, da empatia e da posição da “mulher preta lésbica” como sujeito num mundo dominante branco, masculino e hétero.
    A fala pública de uma mulher negra é o ponto de partida para apresentar ao público reflexões sobre as possibilidades de interação entre as diferenças e o papel essencial do diálogo sobre assuntos urgentes.
    De R$ 36 por R$ 18

    A diferença sexual: gênero e psicanálise (Aller Editora)
    Organização: Mariano Daquino

    A diferença sexual: gênero e psicanálise (Aller Editora)
    Organização: Mariano Daquino

    Reunião de textos que refletem sobre questões tocantes à diferença sexual, como as novas modalidades familiares e as identidades sexo-genéricas dissidentes e não-hegemônicas.
    De R$ 60 por R$ 30

    Tom na Fazenda (Cobogó)
    Michel Marc Bouchard

    Tom na Fazenda (Cobogó)
    Michel Marc Bouchard

    A Festa do Livro também tem romance. Neste, do dramaturgo canadense Michel Marc Bouchard, o jovem publicitário Tom viaja ao interior para o funeral de seu namorado. Lá, descobre que a família do companheiro nunca tinha ouvido falar de sua existência, tampouco sabia que o rapaz era gay. Tom entra numa trama de mentiras onde crescem as contradições de todos os personagens. A história desta peça transcende fronteiras e torna-se uma obra universal. Tom na Fazenda fala de amor, coragem, covardia. É um texto sobre a verdade e a mentira de ser quem somos.
    De R$ 36 por R$ 18

    Transradioativa: Você me conhece porque tem medo ou tem medo porque me conhece? (Areole Cultural)
    Valéria Barcellos

    Transradioativa: Você me conhece porque tem medo ou tem medo porque me conhece? (Areole Cultural)
    Valéria Barcellos

    Foi durante o período de descoberta e tratamento de um câncer que a transativista Valéria Barcellos decidiu registrar suas vivências e memórias em texto – não apenas sobre a doença, mas sobre a luta contra o epistemicídio da população negra e LGBTTQ+. A superação do racismo, da homofobia e da transfobia ganham olhar de primeira pessoa em TRANSRADIOATIVA, ‘o grito de Valéria contra essa guerra’.
    De R$ 44,99 por R$ 22,50

    Cartas pra Pepita: amor, sexo e shippadas da Mulher Pepita (Areole Cultural)
    Mulher Pepita

    Cartas pra Pepita: amor, sexo e shippadas da Mulher Pepita (Areole Cultural)

    De um viés mais pop, esse livro reúne os conselhos ácidos e carinhosos de Mulher Pepita sobre os relacionamentos e questionamentos de amor e sexo dos leitores-espectadores – tudo com uma edição sem pudores.
    De R$ 34,10 por R$ 17,05

    Faces do sexual: fronteiras entre gênero e inconsciente (Aller Editora)
    Organização: Rafael Kalaf Cossi

    Faces do sexual: fronteiras entre gênero e inconsciente (Aller Editora)
    Organização: Rafael Kalaf Cossi

    Mais um compilado de textos, estes focados no intervalo entre a teoria psicanalítica e estudos de gênero, com foco sobre os mal-entendidos e os ruídos presentes nesse diálogo.
    De R$ 65 por R$ 32,50

    Do Arouche aos Jardins: uma Gíria da Diversidade Sexual (Annablume)
    Nilton Tadeu Alonso

    Do Arouche aos Jardins: uma Gíria da Diversidade Sexual (Annablume)
    Nilton Tadeu Alonso

    A linguagem é a protagonista nessa obra, que analisa a gíria usada pelos falantes da diversidade sexual que frequentam a noite paulistana. Trata-se de um estudo que apresenta um glossário de termos gírios e propõe reflexões acerca dos usos e dos sentidos desses termos, marcados muitas vezes, pelo sarcasmo, pela ironia e pela irreverência, como um dos modos de se mostrar e de afirmar a identidade própria de seus membros. No fim, é um tratado sobre a importância do falar para o exercício da cidadania.
    De $ 40 por R$ 20

    Erotica Universales (Taschen)
    Gilles Néret

    Erotica Universalis (Taschen)
    Gilles Néret

    Censura e erotismo entram em debate nessa edição de colecionador, que tira o véu de obras antes restritas por seu teor sexual. No debate, entram em cena nomes como Rembrandt, Courbet, Degas e Picasso, mas também autores desconhecidos, perdidos na antiguidade. Na obra, textos vêm de nomes como Ovid, Aretino, Voltaire e Verlaine, enquanto ilustrações chegam de nomes como Dalí ou Matisse. Ainda que não relacionado diretamente à experiência LGBTQIA+, o diálogo se alinha diretamente às noções do que é considerado proibido ou normatizado pelas sociedades – um tema sempre pertinente a qualquer experiência diversa.
    De R$ 212 por R$ 106

    Pós-F. Para além do masculino e feminino
    Fernanda Young

    Pós-F. Para além do masculino e feminino (LeYa)
    Fernanda Young

    O debate sobre o que significa ser homem e ser mulher hoje é o ponto de partida da primeira obra de não-ficção de Fernanda Young. Em textos autobiográficos, ela se revela como uma das tantas personagens femininas às quais deu voz, sempre independentes e a quem a inadequação é um sentimento intrínseco. E esse constante deslocamento faz com que Fernanda seja capaz de observar o feminino e o masculino em todas as suas potencialidades. Escrito (e ilustrado) por Fernanda, trata-se de um debate sobre as questões de gênero de um ponto de vista de uma autora de muitos personagens, a construção do masculino e do feminino por uma artista e dramaturga que transcende a si própria.
    De R$ 40 por R$ 20