Veja também

    #homemtrans #coisasdecasal #DR #corpasdissidentes

    » 14 de novembro, domingo, 20h00 @ TEATRO PAULO EIRÓ (70’) - 18 anos

    Dois eles, um cisgênero e um transgênero, casados na vida real, se colocam num palco para juntos realizarem algumas ações e jogos performativos. São criadas imagens que remetem direta ou indiretamente as questões de sexualidade, gênero, existência e essência. Nesse percurso, surgem tensões, contradições e limites que suscitam reflexões acerca do que é um homem, um ele, ou o próprio masculino.

    Direção, dramaturgia e performance: Oliver Olívia
    Performance: Lucas Miyazaki
    Dramaturgismo: Antonio Salviano
    Luz: GIVVA
    Provocação de movimento: Letícia Sekito
    Produção executiva: Corpo Rastreado

    Artigo anteriorCredits | MixBrasil Festival 2021
    Próximo artigoO que resta