Narrativas da errância: pronomes fluidos e a ambiguidade como ética-estética

    Veja também

    » 15 NOV | SEGUNDA , às 17h00 (75’) @ Youtube MixBrasil 
    14 anos | Acessibilidade: Libras

    Três obras com linguagem transgressora que nos ensinam como podemos subverter a questão do gênero e do pronome no fazer literário, por demanda e urgência de subjetividades mais complexas que não interessam só a pessoas queer.

    Com: César R. Pontual (“”Fecho””), Leonardo Valente (“”Criogenia em D””), Carla Bessa (“”Minha Murilo””)

    Mediação: Maya Falks