Manifesto Transpofágico (Uma Transpofagia da Transpologia de uma Transpóloga)

    Veja também

    Rio lança campanha de prevenção ao HIV

    Prefeitura usou Dia Mundial de Combate à Aids para...

    Ator de ‘Pretty Little Liars’ revela relacionamento de 18 anos com um homem

    Julian Morris postou uma foto com artista plástico Landon...

    Quase 6 milhões de pessoas vivem com HIV sem saber, diz pesquisa

    Levantamento da UNAIDS determina que parte dos 37,5 milhões...
    DATA E LOCAL DE EXIBIÇÃO:
    16 NOV | SÁBADO - 20h @ Centro Cultural da Diversidade

    (50’) – 18 anos

    SINOPSE

    A história do corpo travesti é narrada pela atriz Renata Carvalho. Em cena, ela lança um manifesto sobre o nascimento desses corpos, mostrando a construção social e a criminalização que os permeiam, do imaginário à concretude. Essa pesquisa, chamada de Transpologia, foi iniciada em 2001, quando Renata tornou-se agente de prevenção voluntária de ISTs, hepatites e tuberculose, trabalhando com travestis e mulheres trans na prostituição. A partir dessa experiência leva aos palcos em 2012 o solo Dentro de Mim Mora Outra, no qual contava sua vida e a travestilidade. Desde então, vem reunindo histórias, fi lmes, livros e peças de teatro sobre o tema. Seu O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu, também exibido no Festival Mix Brasil em 2017, foi censurado em diversas cidades do Brasil.

    FICHA TÉCNICA
    Dramaturgia e interpretação: Renata Carvalho
    Direção: Luiz Fernando Marques
    Diretora de cena: Juliana Augusta
    Produção: Corpo Rastreado

    • TAGS
    • Dramática Em Cena
    Previous articleEu Não Sou Harvery (Ensaio aberto)
    Next articleSombra