Demônios

    Veja também

    DATA E LOCAL DE APRESENTAÇÃO:

    23/11 SEXTA – CCSP – Sala Adoniram Barbosa   – (90′) – 21h
    24/11 SÁBADO – CCSP – Sala Adoniram Barbosa – (90′) – 21h30
    25/11 DOMINGO – CCSP – Sala Adoniram Barbosa  – (90′) – 19h

    FICHA TÉCNICA

    Direção:  Marcelo D’Avilla e Marcelo Denny
    Elenco: Renato Teixeira, Mateus Rodrigues, Zen Damasceno, Marcelo D’Avilla, Walmir Bess, Wesley Lima, Lua Negrão, Breno Andreata, Andres Vallejos, Hugo, Snoo, Ricardo Mesquita, Andrew Tassinari, Victor Rosas e Promiskua
    Trilha sonora: Renato Navarro
    Supervisão coreográfica: Marcelo D’Avilla
    Direção de arte: Marcelo Denny
    Direção de produção: Priscilla Toscano – P.I.C.A. Produtora (Performance, Intervenção, Cidade e Arte)
    Produção executiva: Denise Fujimoto e Marcelo D’Avilla
    Cenografia: Denise Fujimoto, Marcelo Denny, Gabriel Prado e Guilherme Rodrigues Assistente de cenografia Set design assistant: Dalmir Rogério Pereira
    Próteses e máscaras: Igor Alexandre Martins e Felipe Chianca
    Cenotécnicos: Nilton Ruiz Dias e Juliano Tramujas
    Máscaras: Gustavo Machado e Marcelo Denny
    Figurino: Matheus Milanelli
    Assistente de figurino: Nanci Abade
    Costureiras: Ray Lopes e Maria Estela
    Desenho de luz: Iluminador
    Associado: Quinho Gonça
    Contrarregragem: Marcos Júnior Valadão, Franklin Almeida, Hugo Carvalho e Victor Rosas Projeto visual: WIRU
    Designers gráficos: Will Olvr, Gabriela D’Avilla e Yuri Rios
    Fotografia: Chico Castro, Fabrício Augusto FAF e Rick Barneschi
    Assessoria de imprensa: Manuella Tavares – 222 Comunicação
    Mídias sociais e comunicação: Eduardo Araújo – Estrondo


    SINOPSE

    Híbrido de dança, performance e teatro físico, Demônios é uma reflexão cênica sobre três perigos que rodam o universo homoerótico contemporâneo: a lógica consumo-descarte do sistema socioeconômico, a melancolia e os transtornos psíquicos como sintomas da falência do sujeito, e o neofascismo conservador que avança cada vez mais. Esses perigos se proliferam e tomam conta dos corpos e dos desejos, mas há como resistir. Apresentado de forma modular, o espetáculo tem direção de Marcelo D’Avilla e Marcelo Denny e foi co-produzido pelo grupo Teatro da Pomba Gira e pelo Laboratório de Práticas Performativas da USP.

    CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 18 anos

    Artigo anteriorAs 3 Uiaras De SP City
    Próximo artigoShow Do Gongo