Veja também

    DATAS E LOCAIS DE EXIBIÇÃO:16/11 Quinta-Feira – CCSP – Sala Lima Barreto – 15h3016/11 Quinta-Feira – Museu da Diversidade Sexual – 18h (Programa de Curtas Seleção Curtas Mix Brasil 1)18/11 Sábado – CCSP – Sala Paulo Emílio – 19h19/11 Domingo – Museu da Diversidade Sexual – 18h (Programa de Curtas Seleção Curtas Mix Brasil 1)24/11 Sexta-Feira – Museu da Diversidade Sexual – 18h (Programa de Curtas Seleção Curtas Mix Brasil 1)

    PAÍS: Brasil (São Paulo/SP)

    ANO: 2017

    DURAÇÃO: 7′

    DIRETOR: Sergio Glasberg

    SINOPSE: Sandra é uma mulher como muitas outras, mas uma diferença essencial está no fato de ter desejado ser assim como é – apesar das características que a marcariam definitivamente como integrante de outro gênero. O filme mostra, de modo delicado, por meio de vivências cotidianas, um fio que conduz à reflexão: Seriam os conflitos da condição transgênera inerentes ou oriundos da maneira como essas pessoas são vistas e tratadas?

    Artigo anteriorJunius Frey – “Love Is Love”
    Próximo artigoClose