Sobre o festival

    Veja também

    Ator de ‘Pretty Little Liars’ revela relacionamento de 18 anos com um homem

    Julian Morris postou uma foto com artista plástico Landon...

    Lutador de MMA, Cris Macfer defende criação de categoria para pessoas transgênero

    Atleta brasileiro vai submeter a pesquisa para investigar processo...

    Primeiro hotel voltado a público LGBTQIA+ reabre em Cuba

    Após hiato devido à pandemia, espaço abre as portas...

    DaBaby não procurou ONGs de combate ao HIV após promessa

    Músico teria se comprometido a auxiliar três instituições após...

    Claudia Raia lança clipe em homenagem a público LGBTQIA+

    Faixa integra espetáculo da atriz e vídeo é repleto...

    Like a Virgin 

    Em um ano que o avanço de forças reacionárias e obscurantistas faz abalar a crença em um país destinado a ser livre e feliz, precisamos nos lembrar que nem tudo está perdido.

    O direito ao casamento igualitário foi conquistado e temos uma visibilidade crescente nas ruas – e na dramaturgia televisiva.

    O ano de 2013 foi especial: 30 cidades receberam versões do MixBrasil, seja na itinerância do 20‘ Festival, no Circuito MixBrasil/Sesc ou em mostras dentro de outros eventos. E uma dezena de festivais de cinema no exterior exibiram mostras de filmes brasileiros com curadoria Mix.

    A campanha de inscrições do 21º MixBrasil, criada pela agência NeoGama/BBH, gerou polêmica e grande repercussão na mídia, ao convidar para o debate figuras controversas, conhecidas por posições racistas e homofóbicas.

    A cinematografia nacional de temática da diversidade continua crescendo em termos quantitativos e qualitativos, o que nos levou a criar uma seção dedicada a longas brasileiros.

    O vigor da produção mundial do gênero permitiu uma imensa amplitude de temas abordados, com programas infantis como “ Crescendo Com a Diversidade”, profundos como “ Novas Famílias” e com uma safadeza implícita em “ Tercetos e Quartetos”. Seguindo um caminho iniciado já há alguns anos, teatro,leituras dramáticas e shows ampliam a presença no evento. A Balada Literária faz mais uma edição cult e acontece a inclusão de dança e performance entre as artes presentes neste Festival de Cultura da Diversidade.

    O Centro Cultural São Paulo concretiza um sonho antigo do MixBrasil de ter uma sede onde tudo isso acontecesse ao mesmo tempo. Além, é claro, do Festival continuar espalhado por várias salas em São Paulo, Rio e cidades do interior do estado de São Paulo.

    Mas ainda que tenha já completado 21 anos, e tenha parceiros bacanas como a Sabesp-Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, Prefeituras do Rio e São Paulo e Sesc-SP, cada edição é uma luta que começa do zero.

    Por tudo isso mesmo atingindo a maioridade, o MixBrasil continua com o frescor de uma virgem. Uma virgem bem safadinha, que fique claro.

    André Fischer / João Federici

    Previous articleQuebramar
    Next articleAlano