Editoras Ática e Scipione destacam 4 livros infantojuvenis para abordar diversidade sexual e de gênero

Obras trazem representatividade para os jovens leitores e histórias auxiliam famílias a entenderem processos de autoconhecimento de crianças e adolescentes

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Pensando em formas de contribuir para uma educação mais plural e acolhedora, as editoras Ática e Scipione selecionaram, neste mês de junho, quatro livros que ajudam a inserir jovens leitores no debate de gênero por meio da leitura, trazendo referências mais diversas ao imaginário infantojuvenil:

• “Do jeito que a gente é”, Márcia Leite

“Do jeito que a gente é” conta a história de Beá, uma menina de 14 anos que detesta sua aparência, e de Chico, um garoto de 17 anos que está tentando se declarar gay. Apesar de caminhos distintos, Beá e Chico lidam com angústias e inseguranças parecidas; e suas histórias acabam se cruzando quando a mãe dela e o pai dele resolvem se casar.

Capa – “Do jeito que a gente é”, Márcia Leite (Foto: Reprodução)

• “Bom-crioulo”, Adolfo Caminha

“Bom-crioulo” conta a história de Amaro, um escravo fugido que ingressa na Marinha, pois acreditava que a liberdade do alto-mar deveria compensar o trabalho árduo. No entanto, lá ele continua a levar chibatadas. Como escape para esse ambiente hostil, Amaro deposita no jovem e dedicado Aleixo seu carinho e sua paixão. Escrita por Adolfo Caminha e publicada em 1895, a obra é considerada uma das mais ousadas do século XIX por ser o primeiro grande romance brasileiro a abordar a homossexualidade como assunto central. 

Capa – “Bom-crioulo”, Adolfo Caminha (Foto: Reprodução)

• “A história de Júlia e sua sombra de menino”, de Anne Bozellec

O livro “A história de Júlia e sua sombra de menino” foi escrito pelo parisiense Christian Bruel, em 1976, e põe em pauta assuntos importantes como estereótipos de gênero, identidade e relações familiares, pois a história gira em torno de uma menina que é muito criticada pelos pais devido ao seu jeito “meio moleque”. 

Capa – “A história de Júlia e sua sombra de menino”, de Anne Bozellec (Foto: Reprodução)

• “O planeta eu: Conversando sobre sexo”, de Liliane Iacocca e Michele Iacocca

“O Planeta Eu” é um livro bem lúdico e educativo que responde às dúvidas de dois pré-adolescentes que recorrem a seus pais, amigos e livros para entender temas ligados ao sexo, desde como nascem os bebês até orientação sexual. O livro vem para quebrar tabus que rondam o assunto e naturalizar conversas relacionadas ao sexo com pré-adolescentes, já que as dúvidas são muito comuns e costumam surgir nessa fase.

Capa – “O planeta eu: Conversando sobre sexo”, de Liliane Iacocca e Michele Iacocca (Foto: Reprodução)
MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Maior concurso gay do país acontece em Juiz de Fora com participação de Gloria Groove

Depois de dois anos, o concurso "Miss Brasil Gay" retoma a sua história de glamour

More Articles Like This

- Publicidade -