Com videomapping e música ao vivo, nova peça de Eduardo Colombo entra em cartaz em Porto Alegre

Com livre inspiração na fábula “De repente, nas profundezas do bosque”, do escritor israelense Amós Oz, o projeto tem participação do músico paulistano Victor Kinj

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Concebido pelo ator e bailarino gaúcho Eduardo Augusto, o espetáculo “De Repente, em Algum Lugar” estreia curta temporada na Casa de Cultura Mário Quintana, em Porto Alegre. Com livre inspiração na fábula “De repente, nas profundezas do bosque”, do escritor israelense Amós Oz, o projeto tem participação do músico paulistano Victor Kinjo, diretor musical da peça, que executa a trilha original ao vivo no piano e efeitos eletrônicos.

No enredo, uma criança entra em uma misteriosa floresta e inspira o público a refletir, de modo poético, sobre a infância LGBTQIA+, a convivência com o outro, os ciclos da vida, a integração humano-natureza e o cotidiano na contemporaneidade.

TRAJETÓRIA

O espetáculo é a mais recente criação do Programa Práticas do Presente de Artes do Corpo, conduzido pelo artista desde 2015 e premiado pelo edital de Projetos Culturais da Lei Aldir Blanc pelos seus 5 anos de atividades, com ações de pesquisa e criação para artistas e não artistas no sítio Samaúma, espaços culturais e universidades pelo Brasil, como UFPB em João Pessoa e a UFMT em Cuiabá.

A investigação para a peça tem como base a chamada dramaturgia do corpo e a experimentação de práticas em múltiplas linguagens: teatro, dança, música, canto, artes visuais e meditação se unem numa abordagem integradora que conecta processos de criação, pesquisa artística e socioambiental.

O processo contou com residência artística no Sítio Cultural Samaúma, localizado em meio à Mata Atlântica da Serra do Mar (Mogi das Cruzes/SP), e uma imersão de criação no sertão da Paraíba, na Fazenda Tamanduá (Patos/PB), junto ao diretor musical Victor Kinjo e à provocadora cênica Maria Eugênia Tita (Cia. Soma/Instituto Brincante).

E o SESC São Paulo promoveu o “Ateliê Aberto Visualidades: De Repente, em Algum Lugar”, com foco no compartilhamento público da pesquisa do espetáculo e destaque para a criação da linguagem de vídeo projeção, sob a direção de Bianca Turner, e os figurinos de Telumi Hellen.

Com videomapping e música ao vivo, nova peça de Eduardo Colombo entra em cartaz em Porto Alegre
“De repente em algum lugar” – Foto: Lee Kyung Kim

EDUARDO COLOMBO

Artista do teatro e da dança, e pesquisador das artes do corpo. Mestre em Artes da Cena pela Unicamp, Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Santa Maria e especialista em Gestão Cultural Contemporânea pelo Itaú Cultural/Instituto Singularidades. Integrante do Núcleo Patuanu de Pesquisa em Dança Pessoal do Ator, coordenado por Carlos Simioni (Lume Teatro). Idealizador do Programa Práticas do Presente de Artes do Corpo, co-fundador do Sítio Cultural SAMAUMA e da produtora Água Viva Cultura. Ganhador dos editais ProAC LGBT da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, e PROFAC Teatro da Secretaria da Cultura de Mogi das Cruzes. Apresentou trabalhos e conduziu atividades formativas em diversas cidades do Brasil, além de Holanda, Espanha, Itália, EUA e Japão. Entre 2020 e 2021 participou da Formação em Teatro Digital (Rubim Produções), e lançou a série de videodança “Visitação” no Festival Arte como Respiro com patrocínio do Itaú Cultural. https://www.eduardocolombo.com/

"De repente em algum lugar" - Foto: Lee Kyung Kim
“De repente em algum lugar” – Foto: Lee Kyung Kim

SERVIÇO:

“De Repente, em Algum Lugar”
Datas: 3 e 4 de junho, sexta-feira e sábado
Hora: 20h

Local: Casa de Cultura Mário Quintana – Teatro Bruno Kiefer. Rua dos Andradas, 736. Centro Histórico, Porto Alegre/RS. CEP: 90020-004. Telefone: (51) 3226-4825

Duração: 45min   |    Classificação indicativa: Livre

Ingressos:

Inteira: R$30,00
Meia-entrada: R$ 15,00

Vendas pelo Sympla, no link:

https://www.sympla.com.br/de-repente-em-algum-lugar-pre-estreia-em-porto-alegre__1581339?share_id=0

Produção: Água Viva Cultura.

Apoio: Fundação Japão/SP; Hotel Ibis Style Porto Alegre Centro;  Boteco Histórico; Boteco Andradas; Parangolé Bar e Restaurante.

Patrocínio: Banrisul.

Realização: Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul; Associação de Amigos da Casa de Cultura Mario Quintana; Casa de Cultura Mario Quintana; Instituto Estadual de Artes Cênicas; Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

FICHA TÉCNICA

Concepção, atuação e dança: Eduardo Augusto
Música original e ao vivo: Victor Kinjo
Provocação cênica e preparação corporal: Maria Eugênia Tita
Direção de vídeo-projeções: Bianca Turner
Operação de vídeo-projeção: Madylene Barata
Figurinos: Telumi Hellen
Assistência de Figurinos: Mariana Morais
Dramaturgismo e desenhos para vídeo-projeção: Tiago Viudes
Iluminação: João Victor Soares Aguiar
Operação de iluminação: Eduardo Kraemer
Design Gráfico: Panegassi Art Design
Fotografia: Giulia Martins e Kim Lee Kyung
Produção Executiva: Fernando Colombo
Assistência de Produção: Larissa Garcia
Produção: Água Viva Cultura
Realização: Programa Práticas do Presente de Artes do Corpo
Apoio: Sítio Cultural Samauma; Fazenda Tamanduá; Instituto Brincante; Programa de Fomento à Arte e Cultura de Mogi das Cruzes; Sesc Avenida Paulista.

MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Editoras Ática e Scipione destacam 4 livros infantojuvenis para abordar diversidade sexual e de gênero

Obras trazem representatividade para os jovens leitores e histórias auxiliam famílias a entenderem processos de autoconhecimento de crianças e adolescentes

More Articles Like This

- Publicidade -