Prefeitura de São Paulo lança campanha contra homofobia e ações LGBTQIA+ até 30 de junho

O até o final de junho ocorrerão mutirões de preenchimento do cadastro municipal LGBTI+, ampliação do "Transcidadania" e entrega dos primeiros documentos com nome social pelo programa "Respeito tem Nome"

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Nesta terça-feira, 17 de maio, Dia Internacional de Luta contra a Homofobia, a Prefeitura de São Paulo reafirma o compromisso da cidade com a garantia de direitos da população LGBTI e lança a campanha: “O tempo não para, e São Paulo está cada vez mais inclusiva, diversa e colorida”. A iniciativa reforça os canais de denúncia contra atos homofóbicos, que estão disponíveis pelo telefone e portal 156, a central de serviços da prefeitura. 

Com a mensagem “Contra Homofobia disque 156“, a campanha estará nas mídias sociais e em cartazes e vídeos que serão exibidos nas telas das estações do Metrô, terminais de ônibus da EMTU, dentro dos vagões e dos ônibus intermunicipais, até 30 de junho para marcar o Mês do Orgulho LGBTI.

Além disso, a Prefeitura lança o Cadastro de Políticas Públicas LGBTI, iniciativa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) para suprir a lacuna de informações sobre esta população. A partir desta terça-feira (17), as pessoas que não tiverem acesso à internet poderão fazer seu cadastro em qualquer Unidade Móvel de Cidadania LGBT (confira aqui o roteiro destas unidades), nos Centros de Cidadania LGBTI ou ainda nas 17 unidades do Teia, ligadas à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SMDET).

A SMDHC também anuncia o reforço e ampliação do programa Transcidadania de 510 para 660 vagas neste ano. Em 2020 havia 240 vagas no programa. O aumento frequente na oferta de vagas demonstra a importância dessa política pública para a inclusão de pessoas trans. Além disso, o programa Respeito tem Nome  vai proporcionar o registro gratuito do nome social por meio da retificação do nome e pronome e gênero na documentação, destinado à promoção de pessoas trans e travestis (as condições de adesão ao programa podem ser consultadas no link).

Este ano, ainda será realizada a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, considerada a maior do mundo e faz parte do Calendário oficial de grandes eventos da cidade. A festa ocorre no dia 19 de junho com o apoio e estrutura da Prefeitura, que reforça a sua importância com a garantia da lei municipal contra a homofobia, uma das poucas em nível municipal no país.

Cartaz (Foto: Divulgação)
MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Editoras Ática e Scipione destacam 4 livros infantojuvenis para abordar diversidade sexual e de gênero

Obras trazem representatividade para os jovens leitores e histórias auxiliam famílias a entenderem processos de autoconhecimento de crianças e adolescentes

More Articles Like This

- Publicidade -