Espetáculo “A Golondrina”, baseado no atentado ao bar Pulse em 2016, retorna a SP

A montagem dirigida por Gabriel Fontes Paiva para o texto do premiado autor barcelonês Guillem Clua, tem Tania Bondezan e Luciano Andrey no elenco

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

O espetáculo “A Golondrina”, a montagem dirigida por Gabriel Fontes Paiva para o texto do premiado autor barcelonês Guillem Clua, volta em cartaz em São Paulo. Entre os dias 3 de junho e 31 de julho, a peça fica em cartaz no Teatro Fernando Torres, com apresentações às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h.

“A Golondrina” é estrelada por Tania Bondezan, que também assina a tradução e ganhou o Prêmio Shell 2019 por este papel, e Luciano Andrey. O espetáculo já foi montado em Londres, Espanha, Grécia, Porto Rico, Peru, Uruguai entre outros países.

A obra me encantou de tal maneira que, enquanto lia o texto pela primeira vez, parecia que aquelas palavras cabiam na minha boca, como se eu tivesse vivido tudo aquilo. Foi amor à primeira vista. Minha personagem Amélia, que, por coincidência, é o nome da minha mãe, é uma mulher severa e sofrida, sobrevivente de uma tragédia”, conta Tania.

O texto é inspirado no ataque terrorista ao Bar Pulse, que aconteceu em Orlando (EUA), em junho de 2016, além das tragédias do bar Bataclan, em Paris (França), do calçadão em Nice, Las Ramblas de Barcelona

O ataque ao Bar Pulse deixou 49 vítimas do preconceito e da homofobia. Mas aqui no nosso país este tipo de ataque ocorre quase que diariamente e mais grave ainda, de maneira silenciosa. Isso justifica a necessidade de montar este texto atualíssimo, que fala de relações humanas, familiares e da necessidade do entendimento e do perdão”, pontua Tania. 

Para o diretor, Guillem Clua é um dos melhores autores contemporâneos: “Ele me impressionou muito porque tem uma escrita muito eficiente, objetiva e surpreendente; consegue prender a atenção o tempo todo com maestria. Fiquei muito feliz com o convite dos produtores Ronaldo Diaféria, Tania Bondezan e Odilon Wagner para dirigir essa peça maravilhosa”.

(Foto: Odilon Wagner)

Serviço

Espetáculo “A Golondrina”, de Guillem Clua, com direção de Gabriel Fontes Paiva

Quando: 3 de junho a 31 de julho, às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h;
Onde: Teatro Fernando Torres – Rua Padre Estevão Pernet, 588, Tatuapé;
Ingressos: R$80 (inteira) e R$40 (meia-entrada);
Classificação: 14 anos;
Duração: 100 minutos.

Sinopse: Inspirado no ataque terrorista homofóbico que aconteceu no Bar Pulse, em Orlando (EUA), em junho de 2016, o espetáculo mostra o emocionante encontro de Ramón (Luciano Andrey), sobrevivente de um ataque praticado por homofóbicos em um bar gay, com Amélia (Tania Bondezan), uma severa professora de canto, que também tem sua história ligada a esse trágico evento. Os personagens vão revelando detalhes de suas histórias, que se entrelaçam como num quebra-cabeças.

(Foto: Odilon Wagner)
MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Virada Cultural 2022 terá Gloria Groove, Ludmilla e outros artistas LGBTQIA+

No próximo sábado (28) e domingo (29), além de Gloria Groove e Ludmilla, nomes como Filipe Catto, Potyguara Bardô, Luísa Sonza, Majur, Vitão e Pocah também se apresentam na Virada Cultural de SP

More Articles Like This

- Publicidade -