Garrett Clayton revela que foi ofendido por atores nas gravações de “King Cobra”

"Eles simplesmente não paravam de dizer coisas horríveis e desagradáveis", disse Garrett Clayton

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Garrett Clayton, ator do filme “King Cobra”, disse em recente entrevista a Queerty, que não quer ser rotulado como “o cara gostoso que sobe no palco por algumas falas, mostra sua bunda e todo mundo o chama de vadia”.

Eu trabalhei muito duro para ter um currículo completo agora. Tenho que me manter firme no tipo de performer que quero ser e dizer respeitosamente que não quero continuar fazendo a mesma coisa”, afirmou ele.

(Foto: Reprodução)

O medo de Clayton de ser visto como uma “vadia”, como ele mesmo diz, talvez decorra de uma experiência no set de gravação enquanto filmava “King Cobra”. Eu estava me desafiando mentalmente, dizendo: ‘Isso é um personagem. Este não sou eu. Está tudo bem’. Parecia muito vulnerável estar praticamente nu e insinuar atos sexuais com estranhos básicos“, desabafou ele à Queerty.

A maioria deles eram respeitosos, mas alguns deles realmente me atingiram. Em um ponto durante uma filmagem, eu estava no sofá com dois homens de cada lado de mim, e eles começaram a fazer piadas sobre como eu era uma vadia. Eles diziam, ‘esta não é a primeira vez dele’ […]. Realmente me pegou, acabei saindo da sala. Eles simplesmente não paravam de dizer coisas horríveis e desagradáveis ​​para de mim, como se eu não estivesse sentado ali”, revelou Clayton.

(Foto: Reprodução)

O ator ainda disse que algumas pessoas se sentiram livres para dizer coisas dolorosas a ele, devido ao papel que desempenhou no filme: “Essa foi uma experiência muito reveladora, porque muitas das minhas amigas me disseram que os homens as tratavam dessa maneira. Não estou dizendo que entendo completamente a experiência feminina, mas isso provavelmente foi o mais próximo que chegarei disso”.

“Sempre tive problemas para fazer isso por medo. Seja medo de rejeição ou medo de perturbar as pessoas. Eu tive que fazer as pazes com o fato de que não importa o que eu diga, alguém vai ficar chateado”, afirmou ele em entrevista à Queerty.

(Foto: Reprodução)
MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Virada Cultural 2022 terá Gloria Groove, Ludmilla e outros artistas LGBTQIA+

No próximo sábado (28) e domingo (29), além de Gloria Groove e Ludmilla, nomes como Filipe Catto, Potyguara Bardô, Luísa Sonza, Majur, Vitão e Pocah também se apresentam na Virada Cultural de SP

More Articles Like This

- Publicidade -