Dentista catarinense vence Mister Brasil 2022 e disputará título mundial na Polônia

Guilherme Weber, 27, conquistou título no último final de semana, em show realizado em Balneário Camboriú (SC)

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

O dentista catarinense Guilherme Werner, 27, teve o melhor desempenho e foi consagrado, na madrugada do último domingo (8), como o Mister Brasil CNB 2022. Com a faixa de Caminhos do Contestado (SC), Werner superou outros 40 candidatos e conquistou a vaga para defender o país no mundial Mister Supranational, que será em julho, na Polônia. Guilherme é o segundo catarinense a ocupar o trono nacional, sucedendo o joinvilense Matheus Song, de 2017.

Guilherme Weber – Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação
Guilherme Weber
Guilherme Weber – Divulgação

O dentista decidiu, recentemente, dedicar-se ao sonho de construir uma carreira no mundo do entretenimento, como ator e modelo. Apaixonado por animais, gosta de participar como voluntário de ações e projetos que promovem a proteção de bichos.

“Foi uma jornada intensa, e estou muito feliz de dar mais esse passo rumo ao meu sonho. O concurso foi bem competitivo este ano, e vou fazer meu melhor para trazer a faixa de Mister Supranational para o nosso Brasil!”, disse ele, logo após o anúncio da vitória, em evento realizado no Sibara Hotel, na cidade litorânea de Balneário Camboriú (SC).

Como vice-campeão ficou o seu conterrâneo Alisson de Liz, Mister Santa Catarina, seguido pelo Mister Rio de Janeiro, Felipe Lisita, em terceiro. Completaram o Top 6 os misters Guanabara, Lucas Laet (4º), Rio Grande do Norte, David Miranda (5º) e Rondônia, Naraiel Ferrari (6º lugar).

Guilherme Weber - Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação
Guilherme Weber - Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação
Guilherme Weber - Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação

Entraram no Top 10 da final os representantes de Grande BH, Maranhão, Minas Gerais e Planalto da Borborema (PB). No primeiro corte, do Top 21, estavam ainda os misters Atol das Rocas (RN), Ceará, Goiás, Ipiranga (SP), Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pampa Gaúcho (RS), Pernambuco, Rio Grande do Sul, Roraima e Zona da Mata Mineira (MG).

Vale destacar que Guilherme defendeu a faixa de “Caminhos do Contestado”, região de Santa Catarina onde fica Mafra, sua cidade natal, pois o Mister Brasil CNB tradicionalmente aceita, além das 27 Unidades de Federação brasileiras, candidatos de regiões turísticas ou de interesse econômico do país.

Guilherme Weber - Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação
Guilherme Weber - Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação
Guilherme Weber - Divulgação
Guilherme Weber – Divulgação

Quem passou o posto na ocasião foi o modelo amazonense William Gama, titular da última edição. Antes deles, levaram o título de Mister Brasil CNB grandes personalidades da mídia e do mundo da moda, como o modelo Lucas Gil (2007), o ex-BBB Jonas Sulzbach (2010), e os atores globais Lucas Malvacini (2011) e Anderson Tomazini (2016).

PRÊMIOS

A final do Mister Brasil CNB 2022 foi apresentada pela dupla Lorena Rodrigues, Miss Grande Brasil 2021, e Deise Benício, Miss Supranational Brasil 2021. No mix corpo de jurados, estavam muitas presenças internacionais, que inclui personalidades do setor do entretenimento de Los Angeles (EUA), Londres (Reino Unido), Filipinas e Venezuela.

Ao lado do dentista, entre os candidatos deste ano havia engenheiros, médicos, outros aspirantes a ator, personal trainers, um bailarino clássico e até um imitador de personalidades.

Com o título, Guilherme ganhou uma bolsa de estudos e o novo cetro do concurso, uma peça exclusiva criada pelo designer de joias Tiago Seixas. Entre outros prêmios, estão na lista uma viagem a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e outra a Los Angeles, na Califórnia (EUA). No âmbito social, o 14º Mister Brasil CNB será um embaixador da luta contra a hanseníase no Brasil.

Dentista catarinense vence Mister Brasil 2022 e disputará título mundial na Polônia
Foto: @ricardo_siviero/Divulgação

No desafio que viverá em julho na Polônia, Guilherme terá a seu lado a paulista radicada no Paraná Giovanna Reis, 21, vencedora da etapa feminina, o Miss Supranational Brasil 2022, na sexta (6).

Se as misses ainda lutam para chegar ao top 5 do mundial, do lado dos homens a situação é bem diferente. Isso pois nas 5 primeiras edições do concurso, o Brasil quase sempre bateu na trave: foram um vice-campeonato (Ítalo Cerqueira, em 2019), dois terceiros lugares (Samuel Costa, em 2018, e Matheus Song, em 2017), além de um quarto lugar (Bruno Vanin, em 2016). O Brasil não conseguiu classificação apenas em 2021.

Uma curiosidade do concurso é que William Gama não disputou o Mister Supranational 2021, no qual foi substituído pelo segundo colocado, o gaúcho João Henrique Lemes. Mesmo assim, ele deve competir até o fim deste ano no Mister Global, representando o Brasil.

Outro ponto curioso é que esta foi a última chance para os homens casados e/ou que são pais, disputarem o título. A partir de 2023, o concurso internacional (Mister Supranational) igualará as regras às do certame feminino, aceitando apenas homens solteiros, não divorciados e que não sejam pais. “Até que as regras mudem para as mulheres também, achamos justo que elas sejam as mesmas para ambos os sexos”, explicou Andre Sleigh, diretor criativo dos concursos Miss e Mister Supranational.

MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Virada Cultural 2022 terá Gloria Groove, Ludmilla e outros artistas LGBTQIA+

No próximo sábado (28) e domingo (29), além de Gloria Groove e Ludmilla, nomes como Filipe Catto, Potyguara Bardô, Luísa Sonza, Majur, Vitão e Pocah também se apresentam na Virada Cultural de SP

More Articles Like This

- Publicidade -