Na semana da Parada SP, TOKKA Festival recebe DJ Carola

O evento acontece em 16 de junho e traz Dubdogz, Tropkillaz, Carola e mais de 20 DJs de música eletrônica

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

O TOKKA Festival retorna com sua segunda edição na semana do da Parada LGBTQIA+ de São Paulo. Com dois palcos, mais de 20 atrações e muita música eletrônica, evento acontece no dia 16 de junho com Carola e mais 20 DJs.

Representando diversas bandeiras dentro do festival, a DJ e produtora é uma das grandes atrações da noite. Parceira da TOKKA desde novembro do ano passado, esta será a segunda apresentação de Carola com a label.

Conversamos um pouco com a DJ para saber mais detalhes da apresentação, da parceria e do orgulho em participar do festival.

Carola
DJ Carola – Divulgação

Como uma das headliners desta edição, o que significa para você fazer parte do line-up do TOKKA Festival?

Fico muito feliz com a relação que eu, a produção da TOKKA e o público construímos desde o nosso primeiro evento juntos. Voltar para essa edição gigantesca é algo incrível e eu estou bem ansiosa para mostrar o que tenho feito desde novembro do ano passado.

Queremos saber sobre a primeira vez que você tocou na TOKKA! Conte mais sobre essa experiência…

Foi foda! Foi meu primeiro grande evento pós-flexibilização das restrições sobre a pandemia e a produção é nota 10, a estrutura do evento é impecável e eles não medem esforços para entregar uma experiência boa para nós artistas e para o público.

E o que podemos esperar da sua performance na ‘pride week’ para o festival?

Muita música nova, um show totalmente reformulado e muito mais maduro do que a última edição! Eu estou cada vez mais alinhada com a entrega que eu quero fazer em cima do palco e tenho certeza que vou chegar em junho com um dos shows mais incríveis da minha carreira.

Sendo parte da comunidade LGBTQIA+, como você enxerga a relevância do festival para a cena eletrônica?

Acho massa ter um festival que procura levar a cena mainstream da música eletrônica até o público LGBTQIAP+! Geralmente, eventos com foco nesse público tem os line-ups com artistas de outros gêneros como tribal, pop, etc. Ali, o foco é levar o que está rolando na cena como um todo e não somente estilos mais nichados. O público do evento tem recebido bem essas diferentes atrações e eu acho que o festival só tem a crescer!

Inclusive, o festival será realizado na semana da Parada do Orgulho de SP. Como você enxerga a música eletrônica neste cenário?

A música eletrônica veio desse cenário, de pessoas pretas, LGBTQIA+, excluídas e fortemente marginalizadas na sociedade. Acho triste que dentro desse universo as vezes pareça algo tão elitista, inalcançável e desfavorável a união de diferentes pessoas. Fazer um festival assim rolar nessa semana, trazendo esses artistas para esses públicos faz com que a gente mostre que podemos e devemos estar cada vez mais próximos, afinal isso é viver em sociedade e se queremos que nosso cenário cresça e se popularize cada vez mais, temos que ser os agentes responsáveis pela inclusão de todas essas pessoas.

SERVIÇO

  • TOKKA FESTIVAL
  • Onde: Estádio do Canindé – Rua Comendador Nestor Pereira, 33, São Paulo – SP
  • Quando: 16 de junho
  • Ingressos: Canal Ingresse
MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Virada Cultural 2022 terá Gloria Groove, Ludmilla e outros artistas LGBTQIA+

No próximo sábado (28) e domingo (29), além de Gloria Groove e Ludmilla, nomes como Filipe Catto, Potyguara Bardô, Luísa Sonza, Majur, Vitão e Pocah também se apresentam na Virada Cultural de SP

More Articles Like This

- Publicidade -