Isabelle Castro é a primeira mulher trans a concorrer ao Miss Supranational Brasil

A final do Miss Supranational Brasil ocorre nesta sexta-feira (6), em Balneário Camboriú (SC), com transmissão ao vivo pelo YouTube

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Dois dos principais concursos de beleza do país acontecem na primeira semana de maio em Balneário Camboriú (SC). A nova Miss Supranational Brasil será eleita na noite de sexta-feira (6), e o Mister Brasil CNB no sábado (7). Ambos os eventos acontecem no no Centro de Convenções do Sibara Hotel.

Um dos destaques da edição feminina é que, pela primeira vez, uma mulher transgênero concorre não só à coroa na etapa brasileira do Miss Supranational, mas também em todo o mundo. A competidora é a Miss Mato Grosso, Isabelle Castro, de 28 anos. “Sou uma mulher guerreira, determinada, que luta incansavelmente por igualdade e por dias melhores”, disse a candidata. 

Isabele Castro – Miss Mato Grosso (Foto: Reprodução)

 Ao todo, são 27 representantes de unidades da federação e de regiões de todo o Brasil disputarão o título de Miss Supranational Brasil 2022. As candidatas chegaram em Balneário Camboriú na  última terça-feira (3) para participar de uma série de desfiles, eventos, fotos e gravações, que antecedem a coroação.

 A vencedora sucederá Deise Benício, modelo potiguar radicada em Brasília, e vai disputar o mundial no dia 15 de julho deste ano, na cidade de Nowy Sacz, na Polônia. A nova Miss Supranational Brasil será a primeira a receber a nova coroa do concurso, uma joia exclusiva criada pelo designer de jóias Tiago Seixas.

A final do Miss Supranational Brasil 2022 será apresentada por Juliano Crema e transmitida ao vivo pelo perfil TV Concurso Nacional de Beleza, no YouTube, e também na página de Facebook do Miss Supranational.

Isabele Castro – Miss Mato Grosso (Foto: Reprodução)

MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Virada Cultural 2022 terá Gloria Groove, Ludmilla e outros artistas LGBTQIA+

No próximo sábado (28) e domingo (29), além de Gloria Groove e Ludmilla, nomes como Filipe Catto, Potyguara Bardô, Luísa Sonza, Majur, Vitão e Pocah também se apresentam na Virada Cultural de SP

More Articles Like This

- Publicidade -