Websérie “Abrigo”, produzida em Salvador, aborda a vida de jovens LGBTQIA+ na pandemia

Produzida pelo Coletivo Salva e com direção de Douglas Oliveira, "Abrigo" tem três episódios e está disponível no YouTube

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

O Coletivo Salva de audiovisual, lançou a websérie “Abrigo”. Dividido em três episódios, já disponíveis no YouTube, o projeto tem apoio financeiro do prêmio do edital Riachão da Fundação Gregório de Mattos, da Prefeitura de Salvador (BA).

A websérie retrata a vida de jovens LGBTQIA+ em plena pandemia, que enfrentam o peso da solidão e as relações com a  família, religiosidade e sexualidade. Em “Abrigo”, Zé é um homem com a saúde mental já abalada. Gay e solteiro, ele sente o peso da pandemia da COVID-19 morando sozinho em Salvador.

(Foto: Reprodução)

Certo dia, a mãe de Zé, uma mulher religiosa, liga pedindo para ele abrigar em sua casa um amigo da igreja. A partir daí, Zé precisa lidar, mais uma vez, com o desconforto de esconder sua sexualidade, em meio a aproximações inesperadas entre os dois. 

É bom estar de volta, fazendo e consumindo arte. Passamos por um período bastante complicado, e poder contar novas histórias é sempre empolgante” afirma o diretor, roteirista e editor da websérie, Douglas Oliveira, em conversa com o blog Uran Rodrigues.

(Foto: Reprodução)

Esta é a primeira produção do Coletivo Salva após um período parado devido a pandemia da COVID-19. Criado em 2017, o coletivo surgiu com o objetivo de produzir conteúdos para festivais de cinema e para a internet. A ideia dos integrantes do grupo é usar o audiovisual como meio para tratar questões que consideram pertinentes para a sociedade.

“Abrigo” tem músicas do cantor e compositor Jessé Cruz e foi contemplado pelo Prêmio Riachão – Projetos de Pequeno Porte, da Fundação Gregório de Mattos, da Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, destinado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Assista ao primeiro episódio de “Abrigo”

MixBrasil
MixBrasil
Fundado em 1994, o MixBrasil é o primeiro portal de informações e cultura LGBTQIA+ do Brasil

Deixe uma resposta

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Virada Cultural 2022 terá Gloria Groove, Ludmilla e outros artistas LGBTQIA+

No próximo sábado (28) e domingo (29), além de Gloria Groove e Ludmilla, nomes como Filipe Catto, Potyguara Bardô, Luísa Sonza, Majur, Vitão e Pocah também se apresentam na Virada Cultural de SP

More Articles Like This

- Publicidade -